OSMAR BERTOLDI

Noticias

643 famílias a um passo da casa própria

01/08/2013

O sorteio que definiu a ocupação das moradias aconteceu nesta quinta-feira (01) no ginásio de esportes da Praça Oswaldo Cruz

 

O sonho da casa própria está mais próximo para a gestante Fernanda Alves Silva, 22 anos. Mãe de dois filhos e grávida de oito meses, ela participou nesta quinta-feira (01) do sorteio que definiu a ocupação das 643 unidades habitacionais do Residencial Parque Iguaçu III, conjunto construído no bairro Ganchinho para atender inscritos na fila da Companhia de Habitação Popular de Curitiba (Cohab) com renda até R$ 1,6 mil e também famílias que serão retiradas de áreas de risco social.

 

Atualmente Fernanda mora na casa da mãe, no Cajuru, mas já está contando os dias para se mudar para o novo sobrado. "Eu fui até o local para conhecer e achei ótimo. O sobrado é bonito e o condomínio vai ser uma maravilha para as crianças, porque tem bastante espaço para brincar, quadra de futebol e parquinho", destaca ela, que participou da primeira etapa do sorteio juntamente com os demais 277 inscritos na fila que foram contemplados.

 

O sorteio que definiu a ocupação das 643 moradias aconteceu no ginásio de esportes da Praça Oswaldo Cruz e foi dividido em dois momentos. Pela manhã foi a vez dos 278 inscritos na Cohab, para quem foi utilizado um sistema informatizado da Caixa Econômica, que selecionou de forma aleatória o nome do contemplado e a unidade que ele vai ocupar.

“São pessoas que terão suas vidas transformadas por terem assegurado o direito a uma moradia digna. Não mais enfrentarão situações de enchentes e alagamentos e poderão criar os seus filhos com maior tranquilidade", disse o secretário municipal de Habitação, Osmar Bertoldi.

 

Foi desta forma que o casal Robson Urbano, 25 e Rosicleia, 35, ficou sabendo o novo endereço em que vão morar com as gêmeas Kariny e Karoliny, de um ano e nove meses. "Nós pagamos R$ 600 de aluguel para viver em uma casa no Pinheirinho. No sobrado novo vamos pagar menos de R$ 80. Esse dinheiro que vai sobrar queremos investir no futuro das crianças e também para melhorar nosso imóvel", afirma ele.

Reassentamentos - A segunda etapa do sorteio envolveu as 365 famílias que serão reassentadas de áreas de risco. Serão transferidas para o Parque Iguaçu III moradores das vilas Ulisses Guimarães, 23 de Agosto, Campo Cerrado, Atuba, Ipiranga, Belo Ar, Bons Amigos, Barracão, Parque Náutico, Icaraí, Cristo Rey, Pantanal, Parolin, Alto Barigui, Itaqui, Uberlândia, São Carlos, Henry Ford, Umbará, Landau, Bom Menino, Menino Jesus, Ferrovila e Vila Nova.

 

As pessoas que tinham interesse em permanecer morando próximas foram marcadas pelo serviço social da companhia. Caso da aposentada Rosemari Costa, 65 anos, moradora da vila Parque Náutico, no Boqueirão. No mesmo terreno havia a sua casa e as moradias de outras três filhas: Sílvia, 42; Rosi, 39; e Silvete; 34 anos. No conjunto novo elas viverão cada qual na sua casa, porém todas na mesma quadra. "Muito bom poder vir para um lugar melhor e ter a chance de continuar perto da família", afirma Silvete.

 

Contratos - Após a definição da ocupação das unidades, o próximo passo é a assinatura dos contratos e em seguida acontece a entrega das chaves. "Será um marco na história de Curitiba. Vamos entregar de uma só vez as 1.411 unidades habitacionais dos Residenciais Parque Iguaçu I, II e III", finaliza o secretário Osmar Bertoldi.



 

Voltar …

 

Receba informativos contendo as principais ações do seu Deputado em prol dos Paranaenses e do Estado do Paraná.
Cadastre-se aqui

map

Ed. Tancredo Neves - Pç. N. Sra. Salete s/n
Tel. +55 (41) 3350-4298 | +55 (41) 3350-4000